Bella Da Semana

26 Apr 2019 20:28
Tags

Back to list of posts

<h1>Bella Da Semana</h1>

<p>Rio - Um grupo de pessoas se aproxima de uma vidra&ccedil;a na Avenida Ary Le&atilde;o, principal via do Parque Uni&atilde;o, no Complexo da Mar&eacute;, Zona Norte do Rio. Do lado de dentro, homens diminuem cabelos de fregu&ecirc;ses utilizando gravata borboleta, suspens&oacute;rio e chap&eacute;u tipo panam&aacute;. 5 Informa&ccedil;&otilde;es Pra Fazer Um Neg&oacute;cio Online Em 2018 retr&ocirc;, que estava sendo inaugurada ali. Nos primeiros dias, a cena arrancou gargalhadas dos moradores, que n&atilde;o estavam acostumados a ter um tipo de com&eacute;rcio que s&oacute; faz parcela do mundo de quem vive no asfalto. Fazia. Um ano depois, a Cool Barber Shop de imediato passou a fazer quota do caso local.</p>

<p>Tr&ecirc;s barbeiros exercem barba, cabelo e bigode no estabelecimento, que bem como tem &ecirc;xito como loja. Novas duas pessoas atendem clientes, vendendo caf&eacute;, refrigerantes e at&eacute; roupas. “Nos primeiros dias, as pessoas apontavam pra barbearia, rindo. Com o tempo, se acostumaram. Adotei este figurino para construir um protagonista dentro do conceito de barbearia retr&ocirc;. E isso acaba sendo um diferencial, atraindo a aten&ccedil;&atilde;o. Foi uma aposta que acabou dando certo”, explica o cabeleireiro Clayton Fernandes Guimar&atilde;es, dono da barbearia. A ideia n&atilde;o apenas deu certo como ir&aacute; se amplificar pra novas comunidades. No pr&oacute;ximo m&ecirc;s, uma nova barbearia ser&aacute; inaugurada na Vila dos Pinheiros, bem como na Mar&eacute;.</p>

<p>Um empres&aacute;rio da Rocinha, uma das maiores favelas da Am&eacute;rica Latina, neste momento abriu negocia&ccedil;&otilde;es para abrir uma franquia do neg&oacute;cio. Tamb&eacute;m h&aacute; a oportunidade de recentes barbearias da marca no Complexo do Alem&atilde;o e no Jacarezinho. “Vejo muito potencial nas comunidades. E almejo conservar essa identidade”, explica Clayton. 2, pela laje da m&atilde;e. Com diploma de cabeleireiro no Senai RJ pela parede, Clayton percebeu que o hobby tinha virado profiss&atilde;o ao observar se formar fila de espera por corte. O atendimento n&atilde;o se limitava somente aos amigos. Pegou dinheiro emprestado com a tia pra adquirir equipamento usado, como cadeira e lavat&oacute;rio, abrindo um sal&atilde;o improvisado pela laje.</p>

<p> Micro Franquia Editora E Distribuidora Bantu , expandiu o neg&oacute;cio. Fez uma pequena obra pra abrir uma lojinha com roupas e produtos de academia. Confira Dicas Pra Economizar Pela Compra Do Utens&iacute;lio Escolar foi s&oacute; existe um ano que decidiu levar uma tend&ecirc;ncia do asfalto para a favela, em parceria com um s&oacute;cio. Alugou um espa&ccedil;o pela principal avenida do Parque Uni&atilde;o e montou a barbearia retr&ocirc; na favela.</p>

<p style="clear:both;text-align: center &lt;strong&gt;&lt;q&gt;S&atilde;o at&eacute; cinquenta pessoas atendidas por dia.&lt;/q&gt;&lt;/strong&gt;&lt;/p&gt;&lt;p&gt;&lt;span style=" font-weight:="" 900;="" “a="" ideia="" é<="" pan=""> destacar que na comunidade assim como &eacute; poss&iacute;vel ter coisa interessante. O morador aparecia dispor de bons servi&ccedil;os. A barbearia retr&ocirc; se tornou um diferencial”, argumenta. Como Me Preparar Antes De Investir Em uma Franquia? , quem debochava da barbearia na comunidade virou cliente. S&atilde;o at&eacute; 50 pessoas atendidas por dia. Segundo Clayton, &eacute; gente que vem da Penha, Cordovil, Realengo e at&eacute; de Niter&oacute;i. Agora, quando um grupo de moradores se aproxima daquela vidra&ccedil;a pela Rua Ary Le&atilde;o, n&atilde;o &eacute; para rir: &eacute; pra fazer barba, cabelo e bigode com tipo e atendimento VIP, dentro da favela.</p>

<p>Cabelos e barbas estilizadas, em degrad&ecirc;, com pigmenta&ccedil;&atilde;o, undercut ou pompadour. 20. No asfalto, este tipo de servi&ccedil;o custa muito mais. O corte que faz a cabe&ccedil;a dos moradores da Mar&eacute;, incluindo designs com estrelas e listras com formatos tribais, tamb&eacute;m est&aacute; conquistando jogadores de futebol e pagodeiros que frequentam uma barbearia na Barra, onde Clayton trabalha tr&ecirc;s vezes por semana. O pagodeiro Ferrugem e os flamenguistas Juan, Marcelo Cirino e Juan s&atilde;o fregu&ecirc;ses ass&iacute;duos.</p>
<ul>
<li>BIOPROCESSOS E BIOTECNOLOGIA</li>
<li>cinco Decisions, Decisions</li>
<li>Arranha-c&eacute;u 160 x 600: usado pela sidebar</li>
<li>Ser avesso a conflitos</li>
<li>Compre perto</li>
<li>um Por Que Estabelecer um Neg&oacute;cio Na Internet a partir de Casa</li>
<li>08 &quot;O Organismo Fala&quot; 19 de julho de 2009</li>
</ul>

<p>“O que precisa de moderno no mercado &eacute; o que procuro fazer. Meus cortes s&atilde;o os mais atuais poss&iacute;veis, e conseguem levar at&eacute; duas horas, incluindo a linha de barbas estilizadas. Isto atrai p&uacute;blico, da favela ao asfalto”, orgulha-se. Clayton diz que trabalha na barbearia da Barra para proteger na qualifica&ccedil;&atilde;o dos profissionais de l&aacute;.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License